A gente não quer estacionamento subterrâneo na Esplanada

quadrado

esplanada

A gente quer ônibus. A gente quer metrô. A gente quer bonde. A gente quer tramways. A gente quer políticas públicas que desestimulem os carros mono-ocupados.

A gente quer calçadas. A gente quer vias fechadas para o tráfego de carros, que transformem em verdadeiros pontos de encontro urbanos. Queremos que mais dias da semana sejam um domingo no Eixão.

A gente quer ciclovias. A gente quer vias de rodagem onde a convivência de ciclistas e carros seja pacífica, possível. A gente quer vias que funcionem numa velocidade mais humana.

A gente quer bicicletas de aluguel – que sejam baratas, pagáveis, ou que tenha um sistema de empréstimo para quem não puder pagar. Porque, ao contrário do que ouvimos quando éramos crianças, a gente não tem cabeça, tronco e rodas, não. A gente tem pernas – e queremos utilizá-las.

A gente quer parques. A gente quer praças. A gente quer gente…

View original post 170 more words

Advertisements

Gramado & Canela

Gramado e Canela :)

Para uma nordestina radicada no Cerrado, passar férias no sul do país, em pleno dias gelados de julho, foi uma tarefa, digamos assim, um tanto engraçada.

Mesmo com luvas, gorro, cachecol e tudo que eu tinha direito, voltei correndo para o aquecedor do hotel no primeiro passeio ao centro de Gramado. Nossa, que gelo!!

Tudo bem, logo percebi que eu podia abusar de algumas roupas térmicas a mais e até usar duas luvas na mesma mão.

Mas, depois do susto e de saber como me proteger dos pouquíssimos graus marcados pelos termômetros nas praças, saí para aproveitar os deliciosos chocolates quentes, fondues, sopas de capelete, chocolates e todas as delícias da cidadezinha.

Lindas as cidades. Tanto Gramado como Canela. Vale muito a pena fazer essa viagem, apesar de reconhecer o quão careiras são as coisas nesse local essencialmente turístico.

Fiquei num hotelzinho bem na fronteira Gramado-Canela, ao lado do museu de Cera e Fábrica de Chocolate. Achei o local ideal, apesar de estar a 3km do centro de Gramado. Mas vale salientar que lá transporte é algo muito fácil de se conseguir, já que o hotel e restaurantes sempre oferecem esse serviço.

foto (25) foto (26)

E o passeio de Maria Fumaça pelas cidades de Carlos Barbosa, Garibaldi e Nova Petrópolis? Com direito a música e cantora cantando “Volare” na chegada da estação, danças tradicionais durante o trajeto e vinhos, champanhes e sucos de uva em todas as paradinhas.

Sem falar, claro, nos parques naturais e temáticos, como Parque do Caracol, Minimundo, Lago Negro, Mundo a Vapor… Tudo bem cuidado, bem bolado e pronto para atrair  até o turista mais blasé.

Já eu, que sou a turista mais boba pra essas coisas, voltei pra casa cheia de sacolinhas com chocolates, bonequinhos, malhas e morrendo de vontade de voltar pra esse lugar,, que mais parece de brinquedo =)